• Deimerson Moreira

5 Dicas para evitar os principais problemas com seu voo de avião e aproveitar ao máximo suas férias



Quer saber como evitar os principais problemas ao voar de avião e garantir o máximo de suas férias? Saber os seus direitos básicos como passageiro e evitar transtornos para voar? Então, este artigo é para você!


Após um ano de muito trabalho e cansaço as tão desejadas férias se aproximam e nada melhor do que realizar uma viagem para outro estado ou país, a fim de aproveitar o máximo de suas férias e descansar bastante.


Para muitas pessoas o transporte de avião é o meio mais cômodo, e em alguns casos a única forma possível de realizar o trajeto da viagem, para outras a viagem de avião pode representar a conquista um sonho ou desejo de longa data.


Fato é que durante o período de férias o número viajantes de avião cresce consideravelmente, e na mesma proporção que as viagens, crescem também os problemas com voos e passagens aéreas.


Sabendo disso, eu Deimerson Moreira, elaborei esse texto a fim de lhe ajudar a evitar os principais problemas com voos aéreos e aproveitar o máximo de suas férias.


Nesse artigo, falarei sobre os principais problemas que podem ocorrer ao voar de avião, trazer dicas sobre como evita-los e sobre o que fazer caso se depare diante de alguns deles. Ao final, falaremos sobre alguns direitos básicos dos passageiros estabelecidos pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil), os quais todo viajante de avião deve obrigatoriamente saber!


Os problemas com a sua viagem de avião podem começar já com a existência da sua reserva no voo.


Muitas vezes, o passageiro opta por realizar o check-in online, o que é talvez a melhor escolha, tendo em vista a agilidade e praticidade da reserva. No entanto, em alguns casos o sistema de reservas da companhia aérea pode apresentar falhas e sua reserva não ser concretizada com êxito.


DICA 1: Portanto, a fim de certificar-se que sua reserva foi realizada com sucesso, após realizar o check-in online, entre em contato com a companhia aérea (por telefone ou chat) e pergunte se está tudo correto com sua reserva.


Guarde também todos os e-mails e protocolos fornecidos ao realizar reserva do seu assento e check-in, pois em caso de qualquer problema com ela, estas são as provas que vão permitir a você buscar os seus direitos, seja de uma indenização, seja de uma reacomodação em outro voo.


  • Passageiro impedido de embarcar


Em outras situações, você pode ser impedido de embarcar, e diversas são as razões para que isso ocorra. Dentre as principais razões, está a falta de documentação necessária (passaporte para voos internacionais, RG, CPF, para crianças e adolescentes há necessidade de uma autorização).


Também é possível o impedimento de viagem do passageiro caso ele não tenha adotado alguma medida exigida pelo país de destino, como obter vistos, ou vacinas necessárias.


Há ainda a possibilidade de impedimento de embarque por ter ocorrido Overbooking, que é a comercialização pela companhia aérea de mais passagens do que assentos possíveis no voo. Pode ocorrer de mesmo você estando com toda a documentação correta e preenchendo todos os requisitos para realizar o voo a empresa aérea negar o seu embarque, ocorrendo, assim, o que se chama de Preterição de embarque.


DICA 2: Para evitar o impedimento de seu embarque por esses motivos, sempre procure saber com antecedência quais os documentos são necessários para voar, e leve consigo os indispensáveis (RG, CPF, Bilhete de passagem e para viagens internacionais, o Passaporte).


Além disso, busque fazer o check-in o quanto antes, pois isso reduzirá significativamente as chances de você ficar de fora do voo em razão da ocorrência de overbooking, pois a falta de assentos geralmente afeta os passageiros que por último tentam fazer o check-in.


  • Cancelamento, atraso e alterações do voo.



- Pode ocorrer de cancelarem meu voo? Ou dele atrasar ou ter modificada alguma conexão?

- Com certeza, e isso é muito comum!


Você poderá enfrentar problemas com o cancelamento do seu voo, atraso na partida ou embarque, bem como alterações quanto a escalas e conexões.

Em muitos casos, as companhias aéreas realizam alterações de última hora nas condições de seu voo, e você somente fica sabendo dessas alterações ao comparecer ao guichê para check-in.


Além disso, frequentemente as empresas aéreas cancelam voos aéreos, seja pela baixa quantidade de passageiros para um voo específico, seja pelas condições climáticas do local de embarque ou de destino.


Há ainda a possibilidade de atraso no seu voo por congestionamento na malha aérea, o que impede que a companhia realize o voo. No entanto, cabe alertar que o cancelamento do voo por qualquer desses motivos consiste em falha na prestação do serviço da companhia aérea, violando o art. 14, do CDC, e que segundo a regulamentação da ANAC é direito do passageiro ser avisado com pelo menos 72 horas antes do seu voo sobre qualquer alteração.


DICA 3: Portanto, vale conferir a situação do seu voo, com 72 horas de antecedência da sua viagem. E como sabemos que muitas vezes o seu direito pode ser desrespeitado, vale a pena também realizar a conferência do voo nas vésperas.


E lembre-se, a realização do check-in o quanto antes pode ajudar a reduzir consideravelmente a chance de alguns problemas. Caso ocorra algum problema a companhia aérea deverá prestar-lhe assistência material, conforme informado no tópico direito dos passageiros.


Caso enfrente algum problema ou perca algum compromisso em razão do cancelamento ou atraso do seu voo, lembre-se que é direito do passageiro ser indenizado pelos danos morais sofridos!


Peça para a companhia aérea uma justificativa escrita do seu não embarque, diga que precisa de um documento que comprove o ocorrido para apresentar no seu trabalho.


  • Mudanças no horário/local (portão) de embarque



- Uhuul! Consegui fazer o check-in, agora está tudo certo para o meu voo !!!

- Se acalme ! Não pense que novos problemas não podem surgir!


Feito o check-in, não pense que seus problemas estão resolvidos! Frequentemente são realizadas alterações quanto ao local/portões de embarque para os voos e horário de embarque.


Geralmente essas alterações são comunicadas, pelos telões e televisões disponíveis nos aeroportos, ou pelos sistemas de áudio.


DICA 4: Assim, ao chegar no aeroporto e realizar check-in, observe seu horário de embarque e também ao de partida. O horário de embarque geralmente vem estabelecido no bilhete de passagem. Caso não esteja previsto será de 30 minutos antes da partida para voos domésticos (nacionais) e de 60 minutos para voos internacionais, segundo a regulamentação da ANAC.


Preste atenção aos telões e televisões disponíveis no aeroporto, neles o status do seu voo é informado. Além disso, ouça com atenção aos chamados de áudio realizados no aeroporto, eles também informam frequentemente qualquer alteração, bem como fazem a chamada para embarque.


  • Extravio de bagagens



- Agora sim Deimerson, consegui embarcar, e voei para o meu destino ou para o aeroporto de conexão! Tudo deu certo!


- Será? Não é bem assim! Está tudo certo com sua bagagem?


Após voar para o destino, muitas pessoas enfrentam problemas com o extravio de suas bagagens. O que pode se tornar uma situação muito desconfortável e arruinar sua viagem.

DICA 5: Algumas empresas no mercado comercializam uma espécie de seguro viagem, que muitas vezes poderá incluir a indenização em caso de extravio da sua bagagem.

Portanto, assim que pousar e fizer sua identificação e desembarque, procure sempre se dirigir as esteiras e proceder à retirada de sua bagagem.


Caso constatar que sua bagagem foi extraviada, dirija-se imediatamente ao balcão da companhia aérea, e lhes apresente o comprovante de despacho de sua bagagem.


Nesse caso, será solicitado pela companhia um endereço para a hipótese de entrega de sua bagagem caso ela seja encontrada. A companhia deverá entregar a bagagem em até 7 dias para viagens domésticas (nacionais) e 21 dias para viagens internacionais.


Minha bagagem foi extraviada e a agora o que faço?


Caso possível, realize a compra de novos pertences para poder prosseguir a viagem, e lembre-se de guardar todo e qualquer comprovante de gasto decorrente da compra de outros pertences para a sua estadia no local da viagem, pois eles serão a comprovação dos prejuízos materiais e vão servir de base para um eventual pedido de reparação material.


Além disso, caso sua bagagem não seja encontrada a companhia aérea possui o prazo máximo de 7 dias para indenizar você pela bagagem perdida.


Em qualquer caso, fique atento pois o extravio da sua bagagem segundo o entendimento jurídico predominante no Brasil, gera danos morais, gerando o dever de reparação pela companhia aérea.


  • Direitos dos passageiros



A regulamentação dos direitos dos passageiros é feita especialmente pelo Código de Defesa do Consumidor, e especificamente pela ANAC (Agência Nacional de Aviação Civil).

A Resolução nº 400/2016, da ANAC, estabelece alguns direitos básicos do passageiro, dentre os quais se inclui a assistência material, que consiste na obrigação da companhia aérea oferecer apoio ao passageiro.


Para atrasos, cancelamento e preterição de embarque a companhia deverá fornecer assistência material independente do motivo, seja para passageiros que aguardam no terminal ou para os que se encontram a bordo da aeronave, observando a seguinte escala:


Atrasos e espera a partir de 1 hora deverá ser fornecer comunicação (internet, telefone etc)


Para atrasos a partir de 2 horas deverá fornecer alimentação de acordo com o horário (Voucher, refeição, lanche etc)


Para atrasos a partir de 4 horas deverá ser fornecida acomodação. Caso esteja na mesma cidade de sua casa poderá ser oferecido pela companhia o transporte para a sua casa e da sua casa para o aeroporto quando do horário do voo.


Além do direito à assistência material, você passageiro possui diversos outros direitos, sobre os quais eu sempre faço publicações em minhas redes sociais e neste blog.


Portanto, me siga nas redes sociais para ficar sempre informado dos seus direitos como passageiro e consumidor!


  • Indenizações



-Sofri com um ou mais problemas durante minha viagem de avião. Há alguma medida a ser tomada contra a empresa aérea?


Caso você venha a enfrentar algum problema com o atraso, cancelamento ou preterição de seu voo, bem como com o extravio de sua bagagem, conforme o entendimento do Superior Tribunal de Justiça e dos diversos tribunais espalhados pelo país, lhe é devida a compensação financeira pelos danos morais ocasionais.

Importante destacar que os danos morais sofridos em boa parte das situações que envolvem o transporte aéreo é presumido, isto é, decorre da própria circunstância constrangedora enfrentada pelo passageiro.


Portanto, não deixe de exigir os seus direitos!


Bem, acredito que essas são as principais dicas para evitar os problemas mais comuns ao realizar uma viagem de avião.


Caso queira saber mais sobre os seus direitos como passageiros, ou ainda caso tenha alguma dúvida sobre seus direitos como consumidor, basta entrar em contato.


Não se esqueça de deixar aquele

e compartilhar com seus amigos esse conteúdo para que todos possam também aproveitar ao máximo suas férias.


Forte abraço, e até a próxima!

Telefone (31) 97146-0991

DEIMERSON MOREIRA

Praça Enfermeira Geralda Marra, nº 60, bairro São João Batista (Venda Nova), Belo Horizonte/MG

ADVOCACIA & CONSULTORIA

©2020 por Deimerson Moreira Advogado. Todos os Direitos Reservados.