• Deimerson Moreira

Como limpar o seu nome gastando pouco ou nenhum dinheiro?

Atualizado: 18 de Dez de 2019



Estar com o nome inscrito nos órgãos de proteção ao crédito é uma realidade para mais de 62milhoes de brasileiros, conforme um levantamento feito pela Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas (CNDL) e do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC Brasil).

Todos sabemos que as consequências de se estar com o nome inscrito nos órgãos de proteção ao crédito não são nada boas e que só há males nisso. Por isso, neste artigo, vou lhe dar algumas dicas sobre como você pode fazer para limpar o seu nome rapidamente e gastando a menor quantia possível de dinheiro.


Antes de mais nada é preciso identificar em quais órgãos o seu nome está inscrito e quais os valores estão sendo cobrados. Os três maiores órgãos de proteção ao crédito são a SPC Brasil, a SERASA, e a SCPC Boa Vista (para consultar se seu nome está inscrito em cada um destes é preciso se cadastrar online ou comparecer a unidade da CDL de sua cidade).


Você deve estar se perguntando: “Deimerson, já sei quais são as dívidas que estão inscritas no meu nome, mas os valores que eu devo não são tão grandes. O que eu faço?”


Se os valores devidos por você não são os indicados pelos órgãos de proteção ao crédito você pode e deve pedir explicações para a empresa responsável pela inscrição, por telefone ou e-mail, pois a inscrição de valores indevidos ou errados nos órgãos de proteção ao crédito poderá gerar danos morais presumidos, conforme entendimento do STJ (Ag 1.379.761).


Caso não concorde com as informações e valores cobrados pela empresa, é possível o questionamento judicial da dívida o qual se dará por meio de uma Ação de Produção Antecipada de Provas ou por uma Ação Declaratória de Inexigibilidade de Débito cumulada com Indenizatória.


No entanto, caso os valores devidos estejam corretos, a outra maneira de limpar o seu nome é pagando a dívida ou aguardando o prazo prescricional de 5 anos (contados a partir do vencimento da dívida, conforme determina o artigo 43, parágrafo 1º, do Código de Defesa do Consumidor).


Já sei que você está pensando algo como: “Ah Deimerson, mas se eu tivesse dinheiro para pagar toda a dívida, meu nome não estaria sujo, né? E também preciso limpar meu nome rápido.”


Calma ! Eu sei disso, por isso, talvez a melhor solução para você seja tentar renegociar a dívida para um valor que você consiga pagar. Mas cuidado, não vá aceitando qualquer proposta de renegociação, pois isso pode acabar se tornando uma bola de neve financeira e atrapalhando ainda mais seus planos.


Geralmente as melhores propostas de renegociação são feitas em feirões de negociação coletiva promovidos pelos órgãos de proteção ao crédito, nos quais é possível obter até 98% de desconto das dívidas para limpar seu nome. Esses feirões podem ser online ou presenciais.


Além dos feirões, você pode tentar uma negociação com as empresas pelo telefone ou e-mail, mas, como já disse, as propostas nesses casos não costumam ser das que você pagará o menor possível.


Bom, espero que este artigo tenha lhe ajudado a saber qual a melhor maneira para remover seu nome dos órgãos de proteção ao crédito.


Caso tenha ficado alguma dúvida, deixe aí nos comentários que responderei com todo carinho !


Ah, e não se esqueça de deixar aquele ❤, pois nos ajuda e inspira a trazer sempre mais conteúdo para vocês !


Leia também:

0 visualização

Telefone (31) 97146-0991

DEIMERSON MOREIRA

Praça Enfermeira Geralda Marra, nº 60, bairro São João Batista (Venda Nova), Belo Horizonte/MG

ADVOCACIA & CONSULTORIA

©2020 por Deimerson Moreira Advogado. Todos os Direitos Reservados.